Abadeus - O Amor Transforma Vidas
Abadeus forma cerca de 40 jovens no Projeto Ser Empreendedor de Sonhos
26/03/2021
O QUE VOCÊ PROCURA?
Abadeus forma cerca de 40 jovens no Projeto Ser Empreendedor de Sonhos

A Associação Beneficente Abadeus realizou a formatura on-line de alunos do Projeto Ser Empreendedor de Sonhos, desenvolvido pela entidade em parceria com outras instituições e empresas. A cerimônia ocorreu no dia 26 de março e contou com a participação de 39 adolescentes e jovens na faixa etária dos 14 aos 18 anos, todos moradores de Criciúma.


A iniciativa visa qualificar e capacitar jovens para inseri-los no mercado de trabalho, com oficinas de empreendedorismo com foco motivacional e coaching. “Desse modo, os atendidos desenvolvem uma visão cada vez mais empreendedora da vida nos âmbitos pessoal, social e produtivo. Vinculando a permanência desse adolescente na escola, promovendo sua evolução escolar e protagonismo, prevenindo situações de evasão escolar na adolescência, ociosidade e envolvimento com a marginalidade e evitando situações de violência”, destaca a coordenadora administrativa da Abadeus, Gislaine Vieira.


O curso teve duração de 60 horas e foi realizado no formato on-line por meio de três aulas semanais com cerca de quatro horas cada. A formatura foi realizada através da plataforma Google Meet e contou com os rituais de uma cerimônia presencial. Os certificados de conclusão do curso estão disponíveis para retirada pelos alunos ou responsáveis na secretaria da entidade. Para a entrega, estão sendo seguidos os protocolos de prevenção. Portanto, o aluno ou responsável deve fazer uso de máscara quando for buscar o documento.


O Projeto Ser Empreendedor de Sonhos conta com os seguintes parceiros: Portinari, Giassi Supermercados, Esmalglass, Anjo Química do Brasil, Betha Sistemas, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), TWA Fomentos, Canguru, Imbralit, Corsul, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Fundo para a Infância e Adolescência (FIA) de Criciúma, Prefeitura de Criciúma, Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério do Trabalho e Emprego (TEM) e Procuradoria Regional do Trabalho (PRT).


Texto: Vanessa Amando | NBCom

VOLTAR AO TOPO